16 março, 2008

Os traços de um "reacionário comunista"

Como um mesmo ser consegue promover tantas facetas geniais em uma única passagem terrena? Niemeyer, o maior gênio brasileiro dos traços que arquitetam nossas paisagens, é também um gênio em matéria de sandices com as palavras. Não se pode propriamente perdoá-lo dada sua fase senil avançada, tendo em vista sua juventude não menos esclerosada...
Contamos com infindáveis gênios das mais diversas artes com alguma deficiência física, que por obra divina se tornam ícones de superação, verdadeiros paradigmas do mundo. Entendo que Deus muito deu a este cidadão, que atende pela alcunha de Niemeyer, mas esqueceu-se de retirar-lhe o sentido da fala para torná-lo de todo admirável...
Niemeyer encontra-se na seção Tendências/Debates da Folha demonizando o governo democrático da Colômbia, que conta com mais de 80% de aprovação, vindo a vangloriar as conquistas das Farc. Em mais um de seus múltiplos delírios senis à que padece desde a juventude, escreve:
"O governo reacionário de Bogotá passou a acusar a direção das Farc de ser conivente com o narcotráfico em crescente expansão na Colômbia."
O que é isso minha gente? Em entrevista à própria Folha, onde está publicado o texto, Raul Reyes admitiu de viva voz o que todos sabiam: as Farc agem, sim, em parceria com o narcotráfico...
Niemeyer ganhou a "graça" dos 100 anos, mas não perdeu a compulsão pela mentira que acomete todo comunista... Pisoteando ou bengalando nada menos de 700 reféns em poder dos narcoterroristas, narra seu encontro sentimental com um dos emissários do terror, que lhe teria pedido um desenho, para ser reproduzido em cartazes, contra o Plano Colômbia.
Este é Niemeyer: encantando o mundo com seus traços sinuosos e de uma harmonia própria e convolado esta dádiva em prol dos delírios homicidas de tiranos terceiro-mundistas. Seu lado lúdico está aqui, toscamente representando o todo que sempre pensou sobre política. Passou uma vida como inimputável com as glórias de “gênio comunista”. Agora, é a idade que o assevera acima de qualquer crítica na contemplação de fascínoras...
O dia que se for, deixará os mais notáveis traços que um brasileiro ousou empreender e outros não tão nobres que toda uma vida não o fez aprender...

2 comentários:

Marquer disse...

Nao ha como falar coisa diferente de nenhum comunista...desde chico buarque a Niemeyer. O comunismo se marca pela igualdade, né? ...ou pelo desmerecimento de recerber o certo pela capacidade que empregou?

É tão igualitário, que todos os governantes comunistas morreram e morrem em lençois de seda. Todo o sistema empregado até hoje, foi e será um sistema falido, pois ta em desacordo com a propria natureza humana.

Os comunistas são tão inteligentes que ao menos conseguem ver o óbvio....ou será que comprar um idealismo apanas pra poder se projetar através dele seja uma coisa admirável? Na veradde, acho que comunistas não são verdadeiramente comunistas, porque se assim o fosse, Niemeyer teria feito grandes e pesadas doações aos mais pobres, pelo longo trajeto que foi a sua vida (Ganhou sempre fortunas e sempre dos governos e grandes empresas, sendo os trabalhos particulares muito pouco, dado ao elevado valor que cobra!)...mas engraçado, né...o que que é a vida...Bill Gates ja não doou quase meio bilhão para pessoas realmente necessitadas e que jamais serão possiveis futuros clientes seus??
Esta que a face comunista...em todos eles, tem o mesmos traços.

MARCO ANTONIO disse...

E pensar que esse cidadão passará para a História como o projetista da nossa capital. Em resumo, para nos livrar dele, melhor começar a pensar em outra Capital Federal.