17 setembro, 2007

Mutação Genética, você é um deles?

Nesta "comédia da vida pública", a todo instante sinto flatulências governamentais, seguidas de excrementosos pronunciamentos. É realmente fétida nossa interação, pois busco a verdade desse esgoto em decomposição...
O maior de nossos problemas, hoje, é a falta de saneamento básico. Há esgoto "in natura" descendo a rampa do Palácio do Planalto, inundando a Câmara e o Senado Federal sem nenhum tratamento. Com isso, a população de ratos e baratas, especialmente em Brasília, está tomando uma proporção insustentável. Como se sabe, esses seres asquerosos transmitem doenças capazes de exterminar toda uma Nação, a doença da imoralidade... A esta verdadeira epidemia "fatal" estão imunes apenas aqueles seres repugnantes, pois têm seu habitat natural exatamente o esgoto, local que procriam disseminando o mal, que é sem dúvida alguma, o mal do século... Hoje, ratos e baratas desenvolveram-se, criaram uma estrutura super complexa, que os mantêm imunes e livres para articularem-se de forma secreta, protegendo suas cabeças de forma agregada e corporativa.
A principal dificuldade em combate-los deve-se ao fato, desses seres terem sofrido uma verdadeira mutação genética ao longo dos tempos, adquirindo a forma humana para entre nós se misturar e nos confundir. Adquiriram nossos sentidos, como o da fala para tentar ludibriar, o da audição com a peculiaridade de ouvir só o que a eles interessar, o tato para contar seus dividendos vindos dos humanos comuns, o olfato, que tranforma o cheiro do esgoto que vivem em perfume Francês e o paladar para saborear um "povinho" fritinho no alho e no azeite à ser mastigando aos poucos e engolido, acompanhado com um vinho tinto, vermelhão, cor de sangue, embora o branco fosse o mais indicado em se tratando de carne branca, mas perdoemos, pois tratam-se de novos seres aprendendo a se alimentar como gente, que ascenderam ao poder há pouco e não sabem ainda o que fazer com tantos impostos vindos do sangue de uma carne magra e mal nutrida...

Um comentário:

Cantinho Bom disse...

Eles sofreram mutações genéticas e nós teremos que sofrer lobotomias coletivas para aguentarmos tanta sujeira. Gosto mais da barata de Kafka...rs